Nada Sou Sou

nada-sousou-j-filme-japones

Esse filme te indico… para se emocionar muito e, como sugere o título, chorar muito, muito!

NADA SOU SOU (2006), filme inspirado na famosa canção de mesmo título, conta a estória de Arakaki Yota (Tsumabuki Satoshi) e Arakaki Kaoru (Nagasawa Masami).

Quando crianças, os dois passam a viver juntos como irmãos, com o casamento do pai de Kaoru com a mãe de Yota. Certo dia, o pai abandona a família, e um tempo depois, a mãe do garoto fica doente e morre. As crianças vão morar com a avó materna de Yota, numa pequena ilha de Okinawa. O menino então assume o papel de irmão mais velho,  protegendo e cuidando de Kaoru, como prometera à sua mãe.

Já adulto, Yota se muda para uma cidade maior e trabalha incansavelmente para poder pagar os estudos da irmã e também realizar o sonho de abrir um restaurante.

Quando Kaoru é aceita num colégio na mesma cidade onde Yota vive, os dois se reencontram e passam a morar juntos.

Yota fica confuso em relação aos seus sentimentos pela meia-irmã. Kaoru tenta disfarçar a adoração que tem por Nini (como ela chama seu irmão)… ambos se sentem muito constrangidos por estarem envolvidos num amor “proibido”…

 Esse dilema que o casal vive, mais a determinação de Yota em proporcionar o melhor para Kaoru, comprometendo até sua saúde, me emocionaram muito. O final (na minha opinião) foi surpreendente e marcante. Torci muito para que os dois se entendessem como casal, afinal não eram irmãos de sangue…

Tsumabuki Satoshi e Nagasawa Masami são muito convincentes em suas interpretações, principalmente nas partes mais tocantes, onde gestos e palavras ambíguos transmitem o verdadeiro amor entre irmãos, mas com um fundo de tristeza por não aceitarem o real sentimento que os unem.

Assista ao filme aqui. E não deixe de assistir a esse vídeo, onde há algumas cenas do filme, com a música-tema cantada por vários intérpretes. É uma linda canção, comovente como o filme!

  • Lui

    Assisti ao filme ontem à noite e adorei. Que estoria linda, mas triste e sofrida. Qta responsabilidade nas costas do pequeno Yota, que o torna uma pessoa obsecada pelo trabalho, p dar estudos à irmã. Apesar de tanto sofrimento, Kaoru é uma pessoa alegre e divertida, isso tornou filme menos triste. Chorei muito no final……mas a última cena com os irmãos qdo crianças, achei linda.
    A atriz mirim que fez o papel de Kaoru criança, atuou brilhantemente no filme Hotaru no Haka.
    E acho (não tenho certeza) que os mesmos atores mirins que fazem papeis de irmãos, atuam no filme Mari to koinu no monogatari, como irmãos…^^

    • http://essedoramateindico.wordpress.com essedoramateindico

      Oi Lui! Eu concordo com você, a estória é triste, mas é lindo e emocionante acompanhar o esforço de Yota para dar o melhor à sua irmã, o agradecimento dela por tudo, o amor puro entre os dois. Esse tipo de sentimento sempre me comove, e é por isso que adoro tanto os doramas e flmes japoneses que abordam esse tema.

      Obrigada por estar sempre conosco! Beijo!

  • http://twitter.com/cm_japan2 CM’s Japan (@cm_japan2)

    Este filme realmente é comovente, a trilha sonora é linda, gostei tanto q acabei comprando o DVD e trazendo p/ cá.

    • http://essedoramateindico.wordpress.com essedoramateindico

      Olá! A trilha sonora é uma emoção à parte… esse é um DVD que eu também gostaria de ter, original, pena que não conseguiria acompanhar plenamente porque preciso de legendas, mesmo que sejam em inglês.

      Obrigada pelo comentário, um abraço.