Kimi to 100kai me no koi


Para chorar

Para aprender

Para amar
kimi-to-100kai-me-no-koi

“O valor das coisas não está no tempo que elas duram, mas na intensidade com que acontecem. Por isso, existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis” (Fernando Pessoa).

Essa é a frase perfeita que encontrei para descrever KIMI TO 100KAI ME NO KOI (君と100回目の恋).

kimi-to-100kai-me-no-koi-movie

UM POUCO DA ESTÓRIA

Riku (Sakaguchi Kentaro) sempre mostrou-se um rapaz perfeito. Sabia de tudo e de todos, como se pudesse até adivinhar o que cada um pensava. No entanto, ultimamente, Riku estava distante… de corpo presente porém com a mente e a alma em outro lugar. Isso estava cada vez mais perceptível, principalmente para Aoi (Miwa), sua amiga de infância. Ele não estava mais vivendo o presente.

No dia do aniversário de 20 anos de Aoi, após um festival da cidade, ao brigar com Riku, ela vai atravessar a rua sem olhar para os lados e percebe, alguns milésimos de segundos antes, que iria ser atropelada por um caminhão. Aoi fecha os olhos e sabia: morreria naquele instante. Mas, ao abrir os olhos, ela está na sala de aula… lugar aonde esteve alguns dias atrás. Será um deja vú? Um sonho? A moça fica assustada mas não consegue contar isso à ninguém. Riku percebe e dá a resposta ao que havia acontecido. Aoi havia voltado no tempo, assim como o rapaz tinha feito por todos esses anos. Esse era o motivo de sua perfeição. Podia fazer e refazer tudo que quisesse. Bastava voltar no tempo.

Os dois, então, aproveitando esse “poder” decidem reviver tudo desde o verão anterior. Mas consertando algumas coisas. Iniciam um romance que, antes não haviam tido coragem de declarar.

kimi-to-100kai-me-no-koi

Aoi percebe que suas idas e vindas pelo tempo eram sempre datadas anteriormente ao dia que havia sofrido o acidente. Os dois não caminhavam para frente. Essa data era o limite. Foi quando ela descobre que o momento de sua morte era algo que não poderia ser mudado. E Riku sempre soube disso. Que o destino não poderia ser mudado. Mas ele tentaria salvar sua amada, nem que para isso tivesse que viver 100 vezes os mesmos dias, os mesmos momentos, a mesma tristeza.

OPINIÃO E ADENDOS

Ai, como dói o coração! Já sabia que iria morrer de chorar, sabia que ficaria com o filme atordoando minha mente por um bom tempo. Mesmo sabendo de tudo… assisti. Por que será que a gente gosta de sofrer né?! (rsrsrs).

Apesar de todo o sofrimento, a mensagem que Kimi to 100kai me no koi deixa em nossos corações é muito compensadora: crie momentos felizes com quem ama, aproveite o presente. Apesar da morte ser o fim do caminho de todos nós (um fim certo e inexorável), traçar o trajeto até lá é de nossa responsabilidade.

Sakaguchi Kentaro… o que falar dele?! Aquela serenidade e bondade que ele traz estampado no rosto… muita admiração pelos trabalhos dele e pela pessoa que ele mostra ser. O filme é o primeiro da cantora Miwa (que já tanto amamos!) mas já foi capaz de trazer o equilíbrio perfeito entre a alegria e a dramaticidade. Casal em mega sintonia, com cenas de romance que trazem fortes apertos no peito.

kimi-to-100kai-me-no koi

Fiquei encantada com o disco de vinil de chocolate que Riku deu à Aoi!!! Com certeza um dos presentes mais românticos da história mundial! Unir chocolate com música foi uma sacada genial. A invenção não fica só nas telinhas não: quem criou tal produto foi um alemão e uma fábrica croata até começou a produzir. Reproduz som de verdade mas com limite de vezes. Esse mesmo disco de chocolate que representa muito amor, traz, também, a cena mais triste e mais linda do longa-metragem. Ai… foi o ápice da tristeza. E como chorei (cruzes!).

Esse filme te indico. Cem vezes, mil vezes!

ELENCO

  • Miwa como Hinata Aoi
  • Sakaguchi Kentaro como Hasegawa Riku
  • Ryusei Ryo como Matsuda Naoya, baixista da banda
  • Mano Erina como Sagara Rina
  • Izumisawa Yuki como Nakamura Tetta, baterista da banda
  • Tanabe Seiichi como Hasegawa Shuntaro, tio de Riku
  • Horiuchi Keiko como Hinata Keiko, mãe de Aoi
  • Nanata Keisuke como Hinata Yuko, irmão de Aoi

MAIS INFORMAÇÕES

  • Música-tema: Aiokuri (アイオクリ), Miwa [The STROBOSCORP]:

  • Outras canções:

1. Tanjyun na jyunjyo (単純な純情), The STROBOSCORP.

2. Kimi to 100kai me no koi (君と100回目の恋), miwa.