5ji kara 9ji made ~ watashi ni koishita obousan

5ji-kara-9ji-made-jdorama

Esse dorama te indico para amar, rir e chorar.

5ji kara 9ji made

Sakuraba Junko (Ishihara Satomi) é professora de inglês na escola de idioma English Language Academy (ELA). Seu sonho, desde criança, é morar em New York e, para isso, dedica-se muito ao estudo da língua e economiza cada centavo para realizar a viagem. Sempre muito animada e carismática, é adorada pelos colegas de trabalho e por seus alunos.

Para uma teórica comemoração dos seus 29 anos, Junko marca um almoço de domingo com sua família. No entanto, ao chegar no local marcado, encontra o Obousan(=monge) Hoshikawa Takane (Yamashita Tomohisa) e é recebida com as seguintes palavras: “Parabéns! Estarei privilegiando você a ser minha esposa”. Sem entender o porquê dessa abordagem tão direta e em tom de superioridade, Junko descobre que foi, na verdade, para um encontro de omiai (casamento arranjado) com um rico monge sucessor de um tradicional Templo Budista. A bela moça recusa veemente tal proposta, reforçando que relacionar-se com o Obousan era completamente impossível.

5-ji-kara-9-ji-made-

Sempre dedicado às orações e afazeres do Templo, Hoshikawa apaixona-se por Junko e sente-se desnorteado. Sem desistir da professora, o monge matricula-se na escola de inglês e passa a perseguir sua amada, insistindo para que a proposta de casamento fosse aceita. Extremamente disciplinado e persistente, o monge luta pelo que sente e tenta, de todas as formas, reciprocidade do seu amor.

5ji kara 9ji made

Com sinceridade nas palavras, a dedicação para fazer de tudo pela mulher que ama, a paixão pelo rigoroso estilo de vida e a ingenuidade e pureza no coração de Hoshikawa, ele vai aos poucos mudando a visão de Junko… fazendo do relacionamento totalmente “impossível!” algo mais questionável: “será possível???” (de stalker a um homem de atitude! rsrs).  Duas pessoas com personalidades antagônicas, vivendo de formas diferentes e com sonhos distintos. Será realmente possível???

Hoshikawa ainda tem que ter a força para enfrentar rivais amorosos de peso: o professor de inglês Kiyomiya (Tanaka Kei) e o amigo de faculdade de Junko, Mishima (Furukawa Yuki). Ainda, podemos nos divertir com a excentricidade do casal formado por Arthur (Mokomichi Hayami) e Momoe (Takanashi Rin), que é obcecada por mangás BL (Boys’ Love). A fofurice master fica por conta do pequerrucho Sankyu (Terada Kokoro), o mini-monge mais fofo e lindinho!!

5kara 9ji made

5JI KARA 9JI MADE/ GOJI KARA KUJI MADE (2015, 10 episódios, Fuji TV) é uma comédia romântica apaixonante!! Ao ler a sinopse, fiquei um pouco receosa de assistir… pelo fato de tratar-se de uma estória de amor de um casal não muito comum.  Mas a cada episódio, o personagem de YamaPi foi me conquistando de tal forma que no final estava encantado por Hoshikawa, com toda a sua postura séria e a formalidade quando fala (sou fascinada pela linguagem formal do idioma japonês, pois proporciona uma intensidade e profundidade em cada palavra falada, seja de respeito como de sentimento expressado). Papel perfeito (e maravilhosamente interpretado) por Yamashita Tomohisa! A atriz Ishihara Satomi também caiu como uma luva para a maluquinha e extrovertida Junko. Me diverti muito e me emocionei tanto que as lágrimas deformaram a aparência real dos meus olhos…rs.

Não deixem de assistir (nesse vídeo) a participação do elenco do dorama no programa SMAP X SMAP.

NA VIDA REAL

O dorama aborda um assunto bem interessante: casamento de monges. Nas tradições budistas é permitido o matrimônio de um Obousan (nada de aventuras amorosas desrespeitosas, claro!), cabendo a cada um optar em relacionar-se, ou não, com outra pessoa. No programa Kazoku ni Kanpai, o ator Sato Takeru vai visitar um Templo aonde entrevista um Obousan. Este, mantém suas práticas religiosas  ao mesmo tempo que dedica-se à sua família (esposa e filhos). Segundo o programa, 80% dos monges no Japão são casados. Ou seja… nada de se espantar com o roteiro da trama (rs).

Nos episódios, podemos ver com frequência o personagem de YamaPi meditando debaixo de uma intensa queda de cachoeira. Isso é uma prática (chamada “takigyou”) muito comum na seita budista e xintoísta, com o intuito de “lavar” pensamentos mundanos excedentes, atingir com mais facilidade a concentração mental , além de tentar uma unificação do corpo humano com a natureza. Sem objetivos religiosos, muitos japoneses realizam tal prática para obter uma massagem um pouco mais intensa ou como uma forma de pagar um castigo (isso, naqueles programas bizarros). Mas, obviamente, nem por isso vamos sair por aí fazendo isso de qualquer jeito em qualquer cachoeira… pois existem riscos e cuidados a serem tomados, além de ter um ritual e uma ideologia envolvida.

5ji kara 9 ji made

ELENCO

  • Yamashita Tomohisa como Hoshikawa Takane
  • Ishihara Satomi como Sakuraba Junko
  • Furukawa Yuki como Mishima, aluno de Junko
  • Tanaka Kei como Kiyomiya Makoto, professor e amor de Junko
  • Takanashi Rin como Yamabuchi Momoe, professora e adoradora de mangá BL
  • Mokomichi Hayami como Kimura Arthur, professor
  • Terada Kokoro como Sankyu, mini-monge
  • Saeko como Masako, secretária da escola
  • Nakamura Anne como Ran, secretária da escola
  • Shison Jun como Hoshikawa Amane, irmão de Takane
  • Kaga Mariko como Hoshikawa Hibari, avó de Takane
  • Tsunematsu Yuri como Nene, irmã de Junko
  • Toda Keiko como Keiko, mãe de Junko
  • Ueshima Ryuhei como Mitsuru, pai de Junko

INFORMAÇÕES

  • Principais temas abordados: amor de monge, diferença de costumes
  • Live-action baseado no mangá de Aihara Miki
  • Temporada: Outono 2015
  • Emissora: Fuji TV, getsuku
  • Episódios: 10
  • Exibição: 12 de outubro  a 14 de dezembro de 2015
  • Disponível: Puri Puri fansub (legenda português), GoodDrama, KissAsian e Dorama x264 (legenda em inglês)
  • Música-tema: “Christmas Song”, da banda Back Number. Assista a um trecho da canção:

A cada j-dorama que assisto, minha admiração pela cultura nipônica cresce mais e mais. Amo a capacidade de conseguirem transformar um mangá num live action, a capacidade de nos fazer envolver numa estória carregada de riqueza cultural, a oportunidade de nos trazer o amor na forma mais pura e verdadeira que existe (sem nenhum tipo de apelo sexual). #porummundocommaisdoramas #maisculturaporfavor